Brasão

Corumbá de Goiás – GO

Brasão da Corporação Musical “13 de Maio”

Aos 17 de maio de 2014, a Corporação Musical “13 de Maio”, fundada em Corumbá de Goiás, no dia 13 de maio de 1890, aprovou, em Assembléia Extraordinária, convocada para tal fim, seu novo Brasão, para que assim, pudesse ter um elemento gráfico, que melhor a identificasse.

O novo Brasão da Corporação Musical “13 de Maio” possui os seguintes elementos:

Lira e Clave de Sol = que fazem referência à Música, que “é a arte de manifestar os diversos afetos da alma, mediante o som”, servindo-se de instrumentos para que seja ressoada, e; muitas das vezes, de uma escrita que lhe é totalmente peculiar.

2° O livro, a pena e as iniciais A.F.C. = que homenageiam a todos os que colaboraram para que a Corporação pudesse existir e estar ativa até os dias atuais, em especial Antônio Felix Curado, seu Idealizador e Líder-Fundador, homenageando, também, a todos seus ilustres componentes, compositores e colaboradores que ajudaram a escrever sua história no decorrer dos anos.

3° A lança, as argolinhas, as algemas e o M de Maria, com a Cruz = que representam a presença marcante da Corporação nos acontecimentos cívicos, culturais e religiosos do Município de Corumbá de Goiás e de outras localidades para as quais é convidada a se apresentar.

A lança com a argolinha são elementos das Cavalhadas, evento cultural que a Banda ajuda a conduzir por meio do ritmo embalado de seus galopes e quadrilhas. As algemas fazem menção à data cívica de 13 de Maio, aniversário da Abolição da Escravatura, acontecimento que fazia dois anos quando a Banda fez sua primeira apresentação, sendo um dos motivos pelo qual ela ganhou o nome de Corporação Musical “13 de Maio”, demonstrando que desde o princípio ela também festeja e comemora as datas e conquistas civis de grande importância para a civilização. E o M de Maria, com a Cruz, que demonstram que a Corporação, salvo motivo maior, desde o princípio, nunca deixou de participar, também, dos festejos, atos e celebrações religiosas para as quais fora convidada, lembrando que; no dia 13 de Maio de 1917, quando a Banda completava 27 anos, ainda registra-se a Aparição de Nossa Senhora de Fátima em Portugal, data importante para os fiéis católicos do mundo inteiro.

O novo Brasão da Corporação Musical “13 de Maio”, quando fixado em bandeira, deverá ter como fundo uma faixa branca na diagonal, sobre um pano de cor azul celeste, aproveitando as cores que há muito tempo foram adotadas pela Corporação, talvez por lembrar o céu, tendo em vista que a música eleva a alma, quando utilizada para este fim.